GOIÂNIA: jovem morre eletrocutada em Shopping

ídia Brito, de 19 anos, morreu enquanto trabalhava (Foto: Reprodução/Facebook)
Lídia Alves morreu enquanto trabalhava (Foto: Reprodução/Facebook)

A jovem Lídia Alves dos Santos Brito, de 19 anos, morreu eletrocutada no Portal Shopping na noite de sábado, 23. O estabelecimento fica localizado na Avenida Anhanguera, Bairro Capuava. De acordo com a Polícia Militar (PM), a jovem trabalhava em um parque de diversões localizado dentro do próprio shopping.

Carrinho de bate-bate

A suspeita é que a Lídia Alves tenha sofrido choque elétrico no momento em que cuidava do brinquedo conhecido como carrinho de bate-bate. Ela teria tocado em algum ponto energizado quando recebeu a descarga elétrica. O ponto ainda não foi identificado e o local permanece isolado.

A Brigada de Salvamento do shopping tentou socorrê-la, mas não teve êxito. Ela faleceu antes da chegada do Corpo de Bombeiros.

Estudar e trabalhar

A jovem  era natural de Cariri do Tocantins. Segundo a família, ela saiu da cidade, onde mora seus pais, para tentar estudar e trabalhar. O corpo da vítima será levado para a cidade natal da jovem, onde será velado e sepultado.

Nota da loja Sweet Pla
y

Lídia Alves era funcionária da loja Sweet Play. Em nota, a empresa afirma que “faz parte de um grupo com 30 anos de atuação no mercado nacional no ramo de parques de diversões em mais de 20 operações em vários estados brasileiros, está consternada com a fatalidade envolvendo sua funcionária, que, infelizmente, acabou falecendo. Todos os equipamentos e controles de segurança estavam em perfeito funcionamento e todas as manutenções e laudos necessários para a operação haviam sido feitos, em 22 de junho de 2016, respeitando os prazos dos órgãos competentes. Sweet Play já está prestando toda assistência à família”. A Polícia Civil investigará o caso.

Continue lendo: 

Uber aceitará pagamento em dinheiro em Goiânia
Carro importado pega fogo na GO-40, próximo ao Itaipu
Procon realiza operação para apreender produtos vencidos em bares e restaurantes da capital

Comentários do Facebook