‘Macaca’: jovem é vítima de racismo em ônibus de Goiânia

Vítima de racismo em ônibus do transporte coletivo | Foto: Leitor Folha Z

Um caso de racismo em um ônibus do transporte coletivo de Goiânia foi registrado na tarde desta segunda-feira, 27. Érica da Silva Oliveira de 19 anos estava na linha 772, Terezópolis sentido Goiânia, quando foi alvo da injúria racial.

Agressão

A vítima, que é do Maranhão, voltava do velório de seu marido, que morreu após um acidente de moto em Terezópolis, a 33 km de Goiânia. Ela relatou ter ajudado um homem a passar pela catraca do ônibus e não recebeu um agradecimento pela ação. Ao cobrar um gesto de gratidão, teria sido recebida com ofensas.

Sentindo-se provocado, Sidmar Elias Ribeiro, de 49 anos, disparou xingamentos contra a jovem, chamando-a de “macaca”. Revoltados com a cena, os passageiros do ônibus defenderam a jovem do agressor.

Muito abalada, Érica declarou nunca ter imaginado que sofreria discriminação por conta da cor da sua pele. Com o filho no colo, ela buscou ajuda no Terminal da Praça da Bíblia, no Setor Leste Universitário.

A Guarda Civil Metropolitana (GCM), então, foi acionada e o agressor foi levado para a Central de Flagrantes de Goiânia, onde não negou ter xingado a passageira. Ele afirmou não saber justificar sua ação.

Sidmar foi preso e aguarda audiência de custódia. Ele deve responder pelo crime de injúria racial em liberdade após pagamento de fiança.

Érica da Silva Oliveira com seu filho no colo | Foto: Leitor Folha Z
Homem acusado de racismo dentro de ônibus em Goiânia | Foto: Leitor Folha Z

LEIA MAIS: Empresário é preso em Goiás suspeito de comercializar petróleo furtado da Petrobrás

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter

 

Comentários do Facebook