Mulher é presa com 5 celulares escondidos nas partes íntimas na CPP

Ela é esposa de um detento e tentava entrar na unidade com os aparelhos dentro do órgão genital

Mulher presa celulares escondidos
Ela tentava entrar na unidade para visitar o marido que está preso | Foto: Divulgação

Uma mulher de 42 anos foi presa ao tentar entrar na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Aparecida de Goiânia com 5 celulares escondidos nas partes íntimas.

A suspeita, que é casada com 1 detento encarcerado por tráfico de drogas, estava tentando visitar o marido.

O caso aconteceu neste domingo, 2.

De acordo com o diretor da CPP, Fábio Alex, as agentes plantonistas flagraram os objetos através do raio-x durante a revista.

A mulher, então, foi abordada e confessou estar portando os aparelhos eletrônicos.

Ela mesma se prontificou a retirar os celulares após a confissão.

Após o flagrante, a mulher foi conduzida a uma delegacia de polícia para registro do boletim de ocorrência.

1 morre e outro é baleado em suposta tentativa de assalto no Veiga Jardim


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

 

Comentários do Facebook