O grito de um manifestante

Dhiogo José Caetano - professor, historiador, jornalista, escritor
Dhiogo José Caetano – professor, historiador, jornalista, escritor

Compartilho com vocês este ofício, deixando claro a minha indignação, com a falta de respeito com o cidadão e também como resposta para aqueles que dizem que não procuro o apoio do legislativo e dos governantes da minha cidade.

Câmara Municipal de Uruana

Há mais de um ano enviei este documento a Câmara Municipal de Uruana – GO (21 de maio de 2012) não tendo respaldo do legislativo que compunha a casa do ano 2012, foi transferido para gestão posterior, que se iniciou em 2013 e não obteve nenhuma manifestação até hoje. Resolvi, então, deixar aqui o meu manifesto.

É preciso eliminar a corrupção, o “povo” precisa reivindicar e indignar com tais atitudes.

Pagamos até o “ar” que respiramos, mas os “gafanhotos” desviam a verba que é nossa; um patrimônio financeiro que deveria atuar na organização da nação Brasil, porém terminam em cofres privados de ladrões que roubam descaradamente e nada “fazemos”.

Desperta Brasil, eliminemos a alienação, vamos a luta, pelos os nossos direitos, pagamos e temos o direto de ter acesso a educação, saúde, saneamento básico etc.

Mostra tua cara 

“Brasil mostra a tua cara, quero ver quem paga pra gente viver assim!?” Chega! Não podemos nos bestializar diante dos fatos, são nossos pais, filhos, amigos que estão morrendo todos os dias por causa da violência que cresce de forma devastadora.

Retiremos as máscaras, vamos a luta, quem sabe defende um ideal não espera o governo aplicar os seus métodos camuflados para silenciar, ludibriar e focalizar os pontos vulneráveis da sociedade, aplicando uma massa de manobra onde se desenvolve uma política de “pão e circo”.

Em suma, vivemos em uma pátria amada Brasil, um Brasil que sempre deixou a desejar com seus “patriotas”, os quais vivem na miséria, em um contexto onde um trilhão e meio é arrecadado através dos impostos embutidos até no gole de água que bebemos.

Que país é este? Em nome da “ordem e do progresso” gritemos por uma nação igualitária, humanitária; por um Brasil, rico e sem miséria.

É real que o cidadão não procura apoio aos governantes? Ou, os governantes não ouvem os cidadãos?

Dhiogo José Caetano: professor, escritor e jornalista

Comendador da Academia de Letras de Goiás. Senador da FEBACLA Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Arte. Membro das Academias: ALB (Brasil/Suíça), ACLAC (RJ), ACLA (MG), CACL (ES), ARTPOP(RJ) e Os Confrades da Poesia (Portugal)

Comentários do Facebook