professora Goiatuba achada Aparecida
Professora de Goiatuba foi sequestrada e achada em Aparecida | Foto: Reprodução/Facebook

Uma professora de Goiatuba, que estava desaparecida havia 24h, foi encontrada na manhã desta 4ª feira (25) em Aparecida de Goiânia.

Angélica Ferreira de Faria, de 36 anos, saiu da própria casa para ir ao banco na 3ª (24), mas não voltou.

Familiares ficaram desesperados em busca da mulher.

Desaparecimento

Por volta de 9h da 3ª, Angélica saiu para ir a uma agência da Caixa Econômica.

No entanto, em determinado momento, a professora foi surpreendia por um grupo de homens que tentaram roubar o carro dela, um Ford Ka prata.

Segundo relatou o marido após conversar com a vítima, os suspeitos imaginaram que Angélica teria mais dinheiro e a fizeram refém.

Os homens, então, levaram-na até Aparecida, quando o combustível do carro acabou.

Na tentativa de abastecer o veículo, os suspeitos não conseguiram abrir a tampa do tanque, que possui uma chave diferente da usada na ignição.

Ainda conforme o marido da professora, os homens tentaram forçar o acesso, mas ainda sim não conseguiram abrir o compartimento.

Surpresa 

Com o carro sem combustível, os suspeitos teriam decidido abandonar Angélica com o carro.

A professora conseguiu chegar até uma unidade de saúde para pedir ajuda. Lá, ela carregou o celular e conseguiu se comunicar com a família.

Ela não teve nenhum ferimento e já se encontra em Goiatuba.

LEIA MAIS ➡️ Bombeiros resgatam mulher após capotamento no Garavelo


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook