Saias no comando – Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Mulheres com muito poder, mas em situações delicadas: Cristina Kirchner (Argentina), Dilma Rousseff (Brasil), Angela Merkel (Alemanha), Michele Bachelet (Chile) e Hillary Clinton (Estados Unidos)
Mulheres com muito poder, mas em situações delicadas: Cristina Kirchner (Argentina), Dilma Rousseff (Brasil), Angela Merkel (Alemanha), Michele Bachelet (Chile) e Hillary Clinton (Estados Unidos)

Saias no comando

A vida não anda nada fácil para o clube das sessentonas formado por Dilma Rousseff (Brasil), Cristina Kirchner (Argentina), Michele Bachelet (Chile), Angela Merkel (Alemanha) e Hillary Clinton (Estados Unidos). Apontadas como exemplo para que outras mulheres sejam motivadas a entrar na política, as cinco líderes enfrentam desafios distintos em seus países.

Exemplo alemão

Merkel, 61, é a única exceção no quesito popularidade. Goza de grande prestígio entre os alemães, porém vive sufocada pela fragilidade econômica dos países vizinhos, com direito a “presente de grego”. Já Hillary, 67, chegou a ser apontada como favorita entre os democratas na disputa presidencial e agora vê sua postulação ameaçada por erros políticos estratégicos.

Três no buraco

Quanto ao atual momento vivido por Dilma, 67, Cristina, 62, e Michele, 63, a torcida é por um milagre. As três enfrentam grave crise política e administrativa em seus países, agravada pelo cenário econômico mundial, e dificilmente conseguirão reverter a baixa popularidade. Em se tratando de referência positiva para as mulheres, o cenário é bem desanimador.

Segue tentando

As imagens do surfista Mick Fanning se esquivando de um tubarão na etapa sul-africana do campeonato mundial causaram forte impacto e comparações no Brasil. Muitos associaram o australiano ao presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, acusado na Operação Lava Jato de receber propina de R$ 5 milhões. O tubarão, no caso o juiz Sérgio Moro, ainda não acertou o alvo como gostaria.

Governador Marconi Perillo percorre Rio Araguaia (Foto: Reprodução / Facebook)
Governador Marconi Perillo percorre Rio Araguaia (Foto: Reprodução / Facebook)

Entusiasmo

O governador Marconi Perillo apresenta uma disposição fora de série quando visita os acampamentos às margens do Rio Araguaia. Poucos assessores conseguem acompanhar a sua interação com moradores e turistas. Na visita deste final de semana, Marconi dormiu poucas horas para aproveitar ao máximo tudo o que a temporada do Araguaia proporciona.

Nitroglicerina

No Dia do Amigo surgem especulações sobre como alguns políticos, ex-aliados, se comportariam nessa data especial caso houvesse um encontro inesperado. Qual seria o presente de…

… Dilma Rousseff para Marta Suplicy;

… Cristóvam Buarque para Lula;

… Michel Temer para Eduardo Cunha;

… Marconi Perillo para Alcides Rodrigues;

… Demóstenes Torres para Ronaldo Caiado;

… Júnior Friboi para Iris Rezende;

… Vanderlan Cardoso para Misael Oliveira;

… Paulo Garcia para Tayrone di Martino;

… Lúcia Vânia para Nion Albernaz;

… Jorcelino Braga para Carlos Alberto Lereia.

Rir pra não chorar

Humor em televisão é algo pra lá de complicado. Criticaram a Rede Globo enquanto manteve por longos anos o antigo formato do “Zorra Total”. Aí a emissora decide testar novos programas, com linguagem improvisada, e recebe uma saraivada de críticas. O “Tomara que caia” é uma tentativa de mudança que começou com o pé esquerdo, muito em função do nervosismo dos atores, mas o esforço é válido e necessário.

Comentários do Facebook