Saneago suspendeu o corte de água para clientes inadimplentes durante o período de 15 dias, a partir da publicação do Decreto Estadual de Emergência em Saúde | Foto: Reprodução
Saneago suspendeu o corte de água para clientes inadimplentes durante o período de 15 dias, a partir da publicação do Decreto Estadual de Emergência em Saúde | Foto: Reprodução

A Saneago suspendeu o corte de água para clientes inadimplentes durante 15 dias, período que ainda poderá ser prorrogado.

Essa é uma das medidas que a companhia adotou seguindo determinações do Governo de Goiás no combate à propagação do Coronavírus.

O objetivo é garantir a continuidade dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário no Estado.

Assim, os serviços essenciais que permanecem durante este período são:

  • Religação de água por corte indevido;
  • Fornecimento de água caminhão pipa;
  • Religação de água;
  • Parcelamento/financiamento de faturas;
  • Ordem de serviço de religação;
  • Reclamação sobre falta de água;
  • Reclamação sobre a qualidade água;
  • Reparo cavalete;
  • Vazamento de água;
  • Troca de registro de corte;
  • Desobstrução de esgoto;
  • Reposição de tampão do PV;
  • Instalação de Hidrômetro;
  • Reativação da ligação de água;
  • Ações emergenciais;
  • Retirada de entulho;
  • Tapa buraco.

Neste período, o atendimento presencial está suspenso.

O cliente poderá entrar em contato com a Saneago por meio do telefone 0800 645 0115, pelas redes sociais, site ou aplicativo.

Goiás doa cestas básicas e botijões de gás na crise


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook