Suzane von Richthofen deixa prisão para comemorar o Dia dos Pais

suzane-pais
Suzane von Richthofen foi condenada por matar os pais |Foto: Reprodução/TV Record

Condenada a 39 anos de prisão por matar os próprios pais, Suzane von Richthofen deixou a Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), nesta quinta-feira, 11, para a saída temporária de Dia dos Pais.

Ela saiu da penitenciária junto com outras 40 presas que também receberam o benefício. Elas devem retornar ao presídio na próxima terça-feira, 16.

Em maio desse ano, Richthofen também conseguiu a liberação para o Dia das Mães, mas informou um endereço em Angatuba (SP) e o imóvel não foi localizado. Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), houve divergência entre o endereço que constava no documento da saída temporária e a casa onde Suzane foi encontrada, pois os dois imóveis eram próximos.

LEIA MAIS: Familiares de vítima do serial killer revolta com o discurso dele: “Quero apenas amar e servir ao Senhor nosso Deus”

O Ministério Público (MP) pediu que Suzane perdesse o direito às saídas por período de seis meses, mas a Justiça absolveu Suzane e manteve o benefício alegando que ela não agiu de má fé.

Desde 2006, quando foi condenada, essa é a terceira vez que a detenta consegue o benefício, sendo a primeira vez pelo Dia dos Pais.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook