Um traficante foi preso em Aparecida de Goiânia suspeito de manter um elaborado sistema de vigilância por câmeras para monitorar as atividades da polícia nas proximidades da sua residência.

A prisão foi realizada na quarta, 29, por policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Aparecida, coordenados pelo delegado Álvares Lins.

Após diligências, os policias localizaram a residência do suspeito, na Rua Bahia, e aproveitaram a chegada de um visitante ao local para adentrar o imóvel.

Lá, surpreenderam o homem no momento em que ele jogava pela janela de um quarto 7 porções de maconha, que totalizaram 2,5 kg.

De acordo com as investigações, o homem era o responsável pela venda da droga no setor Jardim das Esmeraldas.

Câmeras

No imóvel, a PC encontrou câmeras voltadas para a rua cujas imagens eram reproduzidas em uma TV na sala do imóvel.

 

O monitoramento era montado de maneira que possibilitasse ao traficante total visão da rua e de quem se aproximava da casa.

De acordo com a polícia, testemunhas ouvidas confirmaram que a droga era do investigado e que as câmeras eram usadas justamente para que ele se antecipasse à chegada da polícia.

O suspeito, que já tem passagens, foi detido e recolhido à carceragem do 1º DP, onde ficará à disposição do Judiciário.

Autuado por tráfico de drogas, ele pode ser condenado a pena de 5 a 15 anos de reclusão.

Homem encontra 2 bebês em carrinho na porta de casa no Vera Cruz


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook