800 vagas de emprego e estágio serão ofertadas nesta 6ª em Goiânia

Feirão de emprego é uma parceria do IEL e do Sine Goiânia. Veja como participar AGORA

vagas de estágio e emprego em Goiânia
Evento acontece nesta sexta, 2, em Goiânia | Foto: Divulgação

Mais de 800 vagas de emprego e estágio serão ofertadas gratuitamente na próxima sexta-feira, 2, das 10h às 20h, pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL Goiás), em Goiânia.

Uma estrutura será montada no Portal Shopping, na Avenida Anhanguera, nº 14.404, próximo ao Terminal Padre Pelágio, no Bairro Capuava.

As áreas de atuação com maior número de vagas de estágio são:

  1. Administração;
  2. Ciências Contábeis;
  3. Ensino Médio;
  4. Gestão Executiva;
  5. Pedagogia;
  6. Direito;
  7. Gestão Comercial;
  8. Ciência da Computação;
  9. Publicidade e Propaganda;
  10. Educação Física.

Mas diversas outras áreas também terão oportunidades disponíveis.

Além disso, mais de 200 vagas de emprego estarão disponíveis para encaminhamento em parceria do IEL Goiás com o Sine Goiânia.

As inscrições são feitas pela internet, por meio do site do IEL Goiás.

Além disso, às 15h haverá uma palestra com um especialista que ensinará como construir o próprio currículo e dicas para o momento da entrevista de emprego.

Outra atração presente no evento será o sorteio de brindes ao público.

Novidade

Esta 8ª edição do IEL em Ação contará com uma entrevista simulada.

Ao final da palestra, 2 participantes serão sorteados e passarão por uma Sessão Prática de Entrevista para Seleção.

Os contemplados serão submetidos a uma simulação de entrevista de emprego por especialistas do IEL Goiás.

Feita a entrevista, o suposto candidato será avaliado e terá uma análise da entrevista, identificando os pontos positivos e o que se pode melhorar.

Para mais informações, os interessados podem ligar no número (62) 3596-2250.

Prefeitura de Cristalina abre concurso público para preencher 810 vagas


Quer receber notícias de vagas de tralho e concurso em Goiás?

É fácil!

É só seguir o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook