Valor de venda da Celg é definido em R$ 2,8 bilhões

Governo estadual previa venda superior a R$ 8 bilhões
Governo estadual previa venda superior a R$ 8 bilhões

Foi publicado nesta quinta-feira (19), pelo Conselho Nacional de Desestatização, no Diário Oficial da União, uma resolução que estipula o valor mínimo de venda da Celg Distribuição (Celg D).

Diferente da expectativa do governo estadual, que previa um valor em torno de R$ 8 bilhões, o preço inicial da companhia foi definido em R$ 2,8 bilhões, o que inclui valor referente à oferta aos empregados e aposentados.

Segundo a resolução, poderão ser vendidos somente parte dos papéis de posse da CelgPar. Uma audiência pública ainda será realizada a respeito do processo de desestatização.

Comentários do Facebook