Projeto Cidade Inteligente | Foto: Reprodução
Projeto Cidade Inteligente | Foto: Reprodução

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz (Republicanos) esteve em Brasília nesta 2ª feira (19) e um dos pontos tratados pela sua comitiva foi o Projeto Cidade Inteligente.

Uma das principais pautas da chapa de Maguito Vilela e Cruz, o programa deve começar com um modelo piloto focado em reforçar a segurança em áreas comerciais.

A expectativa é começar pela instituição do programa “Rua Inteligente” na Avenida 24 de Outubro, em Campinas.

Para isso, a comitiva da prefeitura se reuniu com representantes da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) na Capital Federal.

24 de Outubro

“Para efetivar o projeto Cidade Inteligente, nós teremos que dar bons passos. E o 1º passo é tornar o comércio seguro, sendo que o meu desejo é levar a ‘Rua Inteligente’ para Campinas”, enfatizou Rogério Cruz.

O prefeito pontuou que deverá se reunir com a associação dos comerciantes da região e entidades do setor comercial para dialogar e “projetar aquilo que desejamos de melhor para a nossa Goiânia”.

Entre as ideias propostas está a a instalação de equipamentos para coleta de dados e informações da situação nas ruas por meio de uma central de operações.

Além disso, o projeto também conta com sensores, câmeras e drones com funcionamento 24 horas por dia, permitindo a integração de áreas como trânsito, segurança pública, transporte, saúde entre outras.

Fibra ótica para internet e cabeamento subterrâneo em pontos da cidade, reconhecimento facial, semáforos, luminárias e carros inteligentes também são planejados.

Prefeito Rogério Cruz em Brasília | Foto: Divulgação/Secom
Prefeito Rogério Cruz em Brasília | Foto: Divulgação/Secom

ABDI

O presidente da ABDI, Igor Calvet, reiterou que o objetivo da Agência é prover as cidades brasileiras com tecnologia que melhore a vida dos cidadãos em diversas áreas, como mobilidade e segurança pública.

““Ficou definido que nós vamos trabalhar junto à Prefeitura nos próximos dias para construir com o secretariado quais são as necessidades de Goiânia e quais são potenciais tecnologias que eventualmente utilizaremos no município”, explicou Calvet.

Segundo Rogério Cruz, este será um projeto inicial para viabilizar uma das propostas desta gestão, que é criar infraestrutura de qualidade em todos os pontos da capital.

“A Cidade Inteligente passa pela conectividade, em dar oportunidade a todos os moradores, trabalhadores e estudantes de terem acesso à internet por meio de fibra ótica, com velocidade e segurança”, registrou.

Participaram da agenda desta segunda-feira o deputado federal João Campos e o chefe de gabinete do prefeito, José Alves Firmino.

Goiânia teve 109 festas fechadas pela fiscalização neste fim de semana


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook