Bruno Peixoto quer manter espaço do PMDB na prefeitura de Goiânia

Bruno tem atuado no bastidores para garantir que seu partido não perca espaço com a nova reforma
Bruno tem atuado no bastidores para garantir que seu partido não perca espaço com a nova reforma

O PMDB já está preocupado que a reforma administrativa do prefeito Paulo Garcia (PT) possa reduzir o espaço do partido na prefeitura. Bruno Peixoto, deputado estadual e presidente do diretório metropolitano do partido teme o corte de mais cargos de primeiro escalão e, por isso, tem deixado claro que o PMDB não aceita ser prejudicado na reforma.

O peemedebista tem atuado nos bastidores e deixado claro que seu partido deve ser mantido nas secretarias que administra. Atualmente, o partido de Iris Rezende tenta levar o vereador Clécio Alves, que não foi eleito deputado estadual e perdeu a presidência da Câmara, para a secretaria de Habitação.

Separação

PMDB e PT, parceiros de longa data, não vão bem em Goiânia. Já se especula que, em 2016, cada partido tenha seu próprio candidato, sem a tradicional junção. Há quem já queira o rompimento imediato. Ronaldo Caiado (DEM) é um dos que não vê a hora disto acontecer…

Comentários do Facebook