Câmara aprova reforma de Paulo Garcia

Crise financeira e administrativa atinge a gestão de Paulo Garcia
Crise financeira e administrativa atinge a gestão de Paulo Garcia

Diante de um déficit mensal de R$ 40 milhões, a câmara aprovou reforma tímida do prefeito Paulo Garcia (PT), que reduzirá o gasto em apenas R$ 1,5 milhão/mês.

Anteriormente, os vereadores Elias Vaz (PSB) e Geovani Antônio (PSDB) apresentaram uma emenda que previa cortes mais expressivos, mas esta foi rejeitada. A dívida atual passa dos R$ 330 milhões e afeta obras, coleta de lixo, dentre outras coisas.

Para Elias, as medidas não serão suficientes para sanar o problema.

Comentários do Facebook