Câmara derruba veto de Paulo Garcia e ônibus terão mudanças na madrugada

Ônibus
Ônibus poderão parar fora do ponto durante a madrugada

Com 18 votos favoráveis e dois contra, a Câmara Municipal de Goiânia derrubou nesta semana o veto do prefeito Paulo Garcia (PT) ao projeto de lei que permite o desembarque de passageiros fora dos pontos de ônibus entre às 23 horas e às 4h30.

A mudança beneficia principalmente trabalhadores da madrugada que poderão solicitar a parada do ônibus em qualquer local desde que seja respeitado o itinerário da linha.

Com a lei em vigor, a medida irá atingir todas as linhas da capital que funcionam até a meia-noite e também os itinerários 950 – Circular Setor Marista/Veiga Jardim/ Garavelo; 951 – Circular Setor Marista/Novo Horizonte/Garavelo; e 952 – Pedro Ludovico/Setor Bueno/Parque Atheneu, que funcionam entre 1h e 4h da manhã. Em até 15 dias a lei deve ser publicada no Diário Oficial do Município e depois disso serão contados 90 dias para a nova regra ter validade.

Segurança aos usuários

Ao se posicionar pela derrubada do veto, a vereadora Cida Garcêz destacou a importância dessa medida como prevenção à prática de crimes, como assaltos e até estupros. Alegou ainda que a lei não gera gastos para Executivo municipal e nem para as empresas de ônibus, já que os veículos não sairão do itinerário.

“Várias capitais do País já tem lei semelhante. O ônibus parando um pouco mais próximo da casa do usuário, você está evitando que ele percorra grandes distâncias a pé e assim diminui a possibilidade de um assalto ou qualquer outro crime. E outra, nesse horário há poucos passageiros, não é uma medida que vai atrasar a viagem”, pontuou a parlamentar.

Comentários do Facebook