Prefeito Iris Rezende assina decreto que torna obrigatório o uso de máscara na capital. Ao lado, o presidente da Câmara, vereador Romário Policarpo | Foto: Divulgação/Prefeitura
Prefeito Iris Rezende assina decreto que torna obrigatório o uso de máscara na capital. Ao lado, o presidente da Câmara, vereador Romário Policarpo | Foto: Divulgação/Prefeitura

Quem não usar máscara em locais públicos de Goiânia será multado em R$ 627,38 a partir da próxima 2ª feira (22).

Um decreto do prefeito Iris Rezende será publicado nesta 6ª feira (19) para regular a nova determinação, que visa evitar o contágio do coronavírus.

O documento estabelece a obrigatoriedade do uso da máscara facial em todas as vias e espaços públicos, transportes públicos coletivos, estabelecimentos comerciais, industriais e espaços de prestação de serviço.

A exigência é por tempo indeterminado, enquanto vigorar o estado de emergência no município, previsto no Decreto n° 736, de 13 de março de 2020.

Fiscalização do uso obrigatório de máscara em Goiânia

E a fiscalização feita pelos agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) começa já na próxima 2ª feira (22).

Quem for pego sem o acessório em espaços públicos poderá ser autuado e/ou multado no valor de R$ 627,38.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia, Walison Moreira, a obrigatoriedade da máscara é um reforço da prefeitura no combate à pandemia.

“Já está comprovado que o uso dela (máscara), se feito adequadamente e por todos, e mantendo a distância de outras pessoas, diminui bastante o risco de contágio pelo vírus”, afirmou o titular da Sedetec.

AGORA É LEI: uso de máscaras torna-se obrigatório em Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook