prefeitos de Gameleira e Caiapônia, Wilson Tavares (DEM) e Argemiro Rodrigues
prefeitos de Gameleira e Caiapônia, Wilson Tavares (DEM) e Argemiro Rodrigues (DEM) | Foto: Reprodução

Um grupo composto por 146 prefeitos goianos protocolou na tarde desta 2ª feira (8) pedido para convocação de assembleia geral que deliberará sobre a destituição da atual diretoria da Associação Goiana dos Municípios (AGM).

Segundo o prefeito Wilson Tavares (DEM), de Gameleira, a ideia é realizar novas eleições ainda no 1º semestre de 2021.

“Vamos acatar a decisão democrática da maioria”, afirmou.

A insatisfação desses associados se dá pelo fato de que o atual presidente, Paulo Sérgio de Rezende (PSDB), não é mais prefeito de Hidrolândia desde o final de 2020.

Porém, uma mudança recente no estatuto da AGM permite que ele siga no comando até 2022.

A assembleia que deliberará sobre essas questões será realizada no dia 12 de março, em uma churrascaria no Setor Sul, em Goiânia.

Edital AGM
Edital AGM | Foto: Reprodução

Desenvoltura de Rogério Cruz surpreende e deixa lideranças em alerta


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook