Para tucanos, Daniel Vilela usa o ódio para retornar ao poder

O diretório estadual do PSDB de Goiás encaminhou uma nota à imprensa na tarde desta quarta-feira, 2, condenando com intensidade a propaganda partidária do PMDB goiano que é veiculada na TV aberta.

< Veja ao lado uma das propaganda peemedebista que é veiculada na mídia goiana

Os tucanos classificaram a propaganda peemedebista como rasteira e mentirosa e afirmam que o debate político tem que ser pautado pelo alto nível de ideias. De acordo com a nota, o PSDB goiano “defende e estimula a transparência e o amplo exercício do contraditório, mas lamenta e condena com veemência a virulência, os ataques rasteiros e as mentiras que vêm sendo propagadas por setores da oposição”.

Daniel
Postura do novo presidente do PMDB goiano incomoda tucanos / Foto: divulgação

Líder do PMDB goiano adotou prática da crítica vazia, alega adversários

O PSDB questiona a postura do deputado federal Daniel Vilela e afirma que após ele assumir especialmente o comando do partido, adotou uma prática da crítica vazia e do ódio para se contrapor ao PSDB e ao Governo Marconi.

Para os tucanos, a postura de Daniel mostra, na verdade, o contrário. “Demonstra que as velhas práticas dos caciques peemedebistas, há tempo tempo em desuso, continuam vivas e que, uma vez mais, em vez da apresentar soluções e propostas para Goiás, o PMDB volta as costas para a população, tão somente preocupado com seu projeto eleitoral de retorno ao poder”, finaliza a nota.

O Folha Z entrou em contato com o deputado Daniel Vilela. O mesmo não atendeu e nem retornou as ligações.

LEIA MAIS > José Eliton, um vice em maus lençóis 

Comentários do Facebook