PMDB vai acusar membros por infidelidade partidária

Empresário Júnior Friboi (PMDB)
Empresário Júnior Friboi (PMDB)

O PMDB-GO, através do conselho de ética, quer iniciar o julgamento de membros do partidos que atuaram ou manifestaram simpatia à reeleição do governador Marconi Perillo (PSDB). Se condenados, esses membros podem ser expulsos do partido.

Entre os denunciados, estão o empresário Júnior Friboi, o ex-deputado Frederico Jayme, o ex-presidente do PMDB metropolitano, Emival Oliveira, e a ex-presidente do PMDB jovem, Denise Castro.

Os julgamentos podem durar de três a quatro meses e todos os acusados têm direito de defesa.

Entre os prováveis julgados, Frederico Jayme não quer se desfiliar do partido e diz já ter uma defesa esboçada. Ele é, hoje, chefe de gabinete do governador Marconi Perillo.

Comentários do Facebook