Prefeito e executiva do PMDB discutem reforma administrativa

(Foto: Humberto Silva)
Reunião entre o prefeito Paulo Garcia e lideranças do PMDB (Foto: Humberto Silva)

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), se reuniu nessa terça-feira, 20, com a Executiva Municipal do PMDB para discutir a elaboração da reforma administrativa, que será enviada para apreciação dos vereadores nas próximas semanas. O intuito, segundo o petista, é ouvir todas as sugestões dos aliados dispostos a contribuir com o avanço da gestão.

O deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB), que é presidente interino da sigla, resumiu o encontro como satisfatório e proveitoso. “Saímos desta conversa otimistas e contentes com a disposição do prefeito em avançar ainda mais. Temos a obrigação de ajudar a administração municipal e é o que faremos. O PMDB vai contribuir com essa mudança e encontraremos meios de reduzir os gastos possibilitando novos investimentos”, declarou Peixoto.

O peemedebista escolhido para coletar as sugestões é o vereador Paulo Borges, que deverá reunir os demais companheiros de partido. “Ele vai conversar com todos e fazer esse intermédio, repassando todas as opiniões. O prefeito já se colocou à disposição para esclarecer qualquer dúvida e assim vamos manter a sintonia”, explicou Bruno.

Não existem problemas

Sobre as especulações de divergências e até mesmo um possível rompimento, o presidente foi incisivo: “Não existem problemas e nós reafirmamos nossa parceria e disposição para contribuir com o projeto da prefeitura, que também é nosso projeto”.

Vice-prefeito Agenor Mariano (PMDB) também participou da reunião
Vice-prefeito Agenor Mariano (PMDB) também participou da reunião

Relação excelente

O vice-prefeito, Agenor Mariano (PMDB), que também participou da reunião, disse que o relacionamento entre o PT e o PMDB é “excelente” e que os partidos vão continuar juntos em defesa da qualidade de vida do goianiense. “O prefeito Paulo Garcia tem ouvido a todos os aliados, demonstrando seu perfil democrático de quem quer construir em conjunto o melhor modelo administrativo para a capital”, afirmou.

O secretário de Finanças, Jeovalter Correia, explicou que a reforma está em fase de audição e que, por ora, não há data prevista para conclusão. “O prefeito optou pelo diálogo com todos os segmentos da sociedade antes de qualquer decisão. Vamos conversar com os partidos, com os moradores, empresários… Enfim, com todos os interessados nesta administração.”

Participaram da reunião com o prefeito, além de Agenor Mariano, Bruno Peixoto e Jeovalter Correia, os deputados estaduais José Nelto e Paulo Cezar Martins, os vereadores Paulo Borges e Denício Trindade (todos do PMDB), e o chefe de gabinete da Prefeitura, Olavo Noleto (PT).

Comentários do Facebook