Previdência: vereadores entregam Moção de Repúdio ao Professor Alcides

A moção, uma espécie de carta, apresenta 12 tópicos

Professor Alcides Câmara Aparecida
Professor Alcides, do PP, conduz debate sobre a Reforma da Previdência em audiência pública na Câmara de Aparecida | Foto: Valdemy Teixeira

Os vereadores de Aparecida de Goiânia entregaram ao deputado federal Professor Alcides (PP) uma moção de repúdio contra a Proposta de Emenda Constitucional PEC nº 006/2019, que altera as regras da Seguridade Social (Reforma da Previdência).

A moção, uma espécie de carta, apresenta 12 tópicos.

Ela foi entregue ao parlamentar durante audiência pública na Câmara de Aparecida, na noite desta quinta-feira, 2.

Câmara Aparecida vereadores
Vereador Nascimento, do DEM, cobrou uma Reforma da Previdência justa e igualitária, com menos privilégios aos poderosos. Ao seu lado, o vereador Hilário Giacomet, do PSB | Foto: Folha Z

Em tópicos, os vereadores cobram, entre outras solicitações, que a Reforma não pode ser aprovada sem participação popular e das entidades de classe, devido à sua importância.

Crise econômica

Além disso, eles consideram que é inaceitável e temerário, segundo a moção, que a Reforma seja atribuída sob o único enfoque da crise econômica.

Em outro aspecto, os parlamentares de Aparecida defendem que o aumento do tempo mínimo de contribuição (20 anos) não condiz com a realidade de todos os trabalhadores, especialmente aqueles que desempenham trabalho rural.

De acordo com os vereadores, não é justo tratar de maneira igualitária os trabalhadores urbanos e rurais, concluindo que o trabalho no campo demanda grandes esforços.

Por fim, como mais importante destacado, a moção diz que a PEC reduz a menos da metade os valores pagos do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que é pago aos idosos e deficientes, cujo a família possua renda per capta familiar de até um quarto do salário mínimo.

Vereadores Câmara Aparecida
Vereador Willian Panda, do PC do B, leu a moção de repúdio durante a audiência pública. Vereador Rosildo Manoel, do PP, defendeu que não é justo tratar igual os trabalhadores urbanos e rurais. Para ele, o homem do campo tem um trabalho mais árduo e desgastante | Foto: Folha Z

Confira na íntegra a moção apresentada pelos vereadores ao deputado:

MOÇÃO DE REPÚDIO À REFORMA DA PREVIDÊNCIA


Quer receber notícias dos bastidores da política de Aparecida?

Você está convidado a fazer parte de um grupo altamente bem informado sobre os rumos da cidade!

Mande uma mensagem para o Whatsapp do Folha Z e se cadastre para ter as matérias especiais do Folha Z direto do seu celular!

É só adicionar o telefone do jornal à sua agenda e mandar o seu nome e a seguinte mensagem: “quero notícias da política de Aparecida”.

Comentários do Facebook