Protesto pede o impeachment da presidente Dilma

Cerca de 2.500 pessoas, de acordo com a Polícia Militar, protestaram nas ruas de São Paulo neste sábado, 1º, contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). O movimento marcado pelas redes sociais, pedia o impeachment da petista e defendia a volta do regime militar.

Muitos manifestantes alegavam fraudes nas eleições presidenciais e pediam a recontagem dos votos. Dentre as personalidades presentes, estava o cantor Lobão e Eduardo Bolsonaro, filho do deputado federal Jair Bolsonaro.

Comentários do Facebook