ACM Neto, Ronaldo Caiado e Luiz Henrique Mandetta | Foto: Montagem
ACM Neto, Ronaldo Caiado e Luiz Henrique Mandetta | Foto: Montagem

A cúpula nacional do DEM se reuniu na semana passada para debater os primeiros passos do plano de lançar um candidato próprio do partido à Presidência da República em 2022.

Estavam presentes no encontro, realizado na casa do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco: ACM Neto (presidente do partido), os governadores Ronaldo Caiado (Goiás) e Mauro Mendes (Mato Grosso), os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Mendonça Filho (Educação), o ex-governador José Agripino Maia, o líder do DEM na Câmara, Efraim Filho, e os prefeitos Gean Loureiro (Florianópolis) e Bruno Reis (Salvador).

Segundo interlocutores, a principal pauta a estratégia para viabilizar a pré-candidatura de Mandetta a presidente.

Neste momento, pesquisadores já estão em campo trabalhando em um levantamento qualitativo encomendado pela sigla.

Depois disso, uma nova reunião no dia 24/05, em um hotel em Brasília, servirá para analisar os resultados.

Com os números em mãos, as lideranças democratas decidirão por oficializar ou não o nome de Mandetta, em meados de junho.

PSD lança agenda de ‘pré-campanha’ para Meirelles


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook