Bernardinho diz que filho foi ameaçado

bernardinho 2Segundo o treinador da Seleção Brasileira masculina de vôlei, Bernardinho, o ex-presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Ary Graça, ameaçou processar o capitão do Brasil, Bruno Rezende, se ele continuasse a falar sobre corrupção na CBV. Bruno é filho do técnico da seleção.

Ainda conforme Bernardinho, Ary Graça mandou um e-mail para o atleta e na mensagem dizia que iria a justiça. O técnico da seleção, e também do time feminino do Rexona-Ades (RJ), afirmou que Bruninho não o falou, mas ele acabou descobrindo. Para o treinador, a briga de Ary, na verdade, é com a própria consciência.

Comentários do Facebook