Goiás trabalha parceria nos EUA com empréstimo de jogadores e pré-temporada internacional

Goiás trabalha parceria nos EUA
Goiás trabalha parceria nos EUA que pode render bons frutos para o clube (Foto: Montagem)

O presidente do Goiás Esporte Clube, Sérgio Rassi, trabalha forte nos bastidores para que uma parceria internacional seja travada pelo clube. Em negociação com times norte-americanos, o acordo pode resultar em intercâmbio de atletas, pré-temporada em solo estrangeiro e divulgação da marca esmeraldina para o mundo.

O contato do Goiás é com diretores do SF Delta e do SF City, dois clubes em formação na cidade de São Francisco, na Califórnia. Intermediando o processo está Olavo, ex-jogador do Goiás radicado nos Estados Unidos há 30 anos. Ele é agente FIFA e tem livre circulação no futebol internacional.

LEIA MAIS: Enderson Moreira revela drama pessoal vivido nos bastidores do título goiano

Intercâmbio

Uma das propostas mais interessantes para o Goiás é o empréstimo de jogadores do clube para atuarem nos campeonatos estadunidenses com o objetivo de ganharem mais experiência e maturidade.

O diferencial é que todos os custos do intercâmbio seriam pagos pelos clubes parceiros e, caso os atletas despertem interesse de outras equipes, o Goiás sempre teria a prioridade na repatriação.

LEIA MAIS: Atleta paralímpico explica polêmico vídeo em que usa as pernas

Pré-temporada

Outra jogada interessante em discussão são as pré-temporadas fora do Brasil. E a região de São Francisco é estratégica nesse sentido.

Isso porque estima-se que cerca de 30 mil goianos morem na Bay Area, região metropolitana que circunda as baías de São Francisco. Destes, a maior parte seria composta por torcedores esmeraldinos.

Dessa maneira, seriam atingidos muitos coelhos com uma cajadada só: a aproximação do clube com seus torcedores imigrantes, a divulgação da marca e experiência dos atletas com outras metodologias de trabalho.

Comentários do Facebook