Governo de Goiás abre licitação para construir 4.450 moradias nos 246 municípios goianos | Foto: Divulgação
Governo de Goiás abre licitação para construir 4.450 moradias nos 246 municípios goianos | Foto: Divulgação

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) abriu licitação para contratação de empresas do ramo da construção civil para a construção de 4.450 moradias populares nas 10 regiões de planejamento do Estado.

O edital, com todas as regras para participação no procedimento, foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 18 de março.

Por determinação do governador Ronaldo Caiado, os recursos para a construção dessas moradias serão disponibilizados pelo Fundo Protege, vinculado à Secretaria da Economia do Governo de Goiás.

A Agehab firmará parceria com os municípios que doarem os lotes urbanizados e regularizados para os empreendimentos, com possibilidade de construção de 30 a 50 unidades por contrato.

Distribuição das unidades

A contratação das construtoras será por lotes de 400 a 650 unidades habitacionais (UH), distribuídos por regiões de planejamento, da seguinte forma:

  • lote 1 – 500 UH – Centro Goiano;
  • lote 2 – 400 UH – Nordeste;
  • lote 3 – 400 UH – Noroeste;
  • lote 4 – 400 UH – Norte;
  • lote 5 – 650 UH – Oeste Goiano;
  • lote 6 – 400 UH – Região Metropolitana de Goiânia;
  • lote 7 – 500 UH – Região Integrada de Desenvolvimento do Entorno (RIDE);
  • lote 8 – 400 UH – Sudeste;
  • lote 9 – 400 UH – Sudoeste Goiano;
  • lote 10 – 400 UH – Sul Goiano.

As construtoras terão prazo de 120 dias para a construção de até 50 unidades habitacionais, contados a partir do recebimento da ordem de serviço.

Será executado o projeto padrão de casas da Agehab.

O valor referencial por unidade é de R$ 85.560,22 (Data Base Goinfra) e a previsão é que as primeiras moradias sejam entregues no 2º semestre deste ano.

Agenor Modesto: lista completa dos ganhadores dos 208 apartamentos


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook