Leitos de enfermaria do Centro de Especialidades de Aparecida | Foto: Enio Medeiros
Leitos de enfermaria do Centro de Especialidades de Aparecida | Foto: Enio Medeiros

Aparecida de Goiânia passará a contar com 20 novos leitos de UTI e 86 de enfermaria nos próximos dias.

Dessas vagas, 10 de UTI e 30 de enfermaria já foram abertas no Hospital Municipal de Aparecida (HMAP) e estão em funcionamento.

O restante, porém, será aberto gradativamente, conforme demanda de internações.

Taxa de ocupação

E os números seguem preocupantes na cidade.

De acordo com o superintendente de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Luciano de Moura, a taxa de ocupação de leitos na cidade tem se mantido em torno de 90% nos últimos dias.

Segundo ele, essa foi a maior sobrecarga do sistema desde o início da pandemia.

“Não adianta continuarmos abrindo leitos se a população não colaborar”, advertiu, apontando que o cidadão deve manter as medidas de isolamento e de higiene.

Capacidade de internação em Aparecida

Com a entrega desta semana, Aparecida de Goiânia passa a ter 140 leitos de UTI e 181 de enfermaria exclusivos para tratamento da covid-19.

São 122 UTI’s no Hmap e 18 no Hospital Garavelo, unidade privada contratada pela Prefeitura.

Já os leitos de enfermaria estão distribuídos da seguinte forma: 55 no Hmap, 40 no Hospital Garavelo e 86 no Centro Municipal de Especialidades.

Antes da pandemia, a rede pública da cidade contava com 63 leitos de UTI para atender as demandas do município. Eles também continuam funcionando.

JAC Motors: Aparecida pode receber a 1ª fábrica de carros elétricos do Brasil


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook