Beneficiários do Bolsa Família devem comparecer a unidades de saúde para manter benefício

Devem ir até as unidades famílias com crianças de 0 a 7 anos, gestantes e mulheres com idades entre 14 e 44 anos que já recebem o Bolsa Família
Devem ir até as unidades famílias com crianças de 0 a 7 anos, gestantes e mulheres com idades entre 14 e 44 anos que já recebem o Bolsa Família

Os beneficiários do Programa Bolsa Família devem procurar as unidades de saúde de Goiânia – Cais, Ciams, Centros de Saúde e Centros de Saúde da Família – até o dia 30 de junho. Quem não for pode ter o benefício bloqueado ou suspenso. A ação tem como objetivo garantir as condições de saúde dos beneficiários. Muitas famílias ainda não compareceram.

Devem ir até as unidades famílias com crianças de 0 a 7 anos, gestantes e mulheres com idades entre 14 e 44 anos que já recebem o Bolsa Família. O procedimento é para realização de pesagem, medição e acompanhamento do cartão de vacina das crianças. Os usuários devem levar o cartão do programa e documento de identidade das mulheres, caderneta de vacinação das crianças e o cartão das gestantes.

O acompanhamento serve como referência sobre a situação da saúde dos usuários e, após esse resultado, são definidas as medidas de prevenção ou intervenção. As ações de saúde no Programa Bolsa Família são acompanhamento do pré-natal das gestantes, retorno para a consulta após o parto, orientação alimentar, monitoramento do crescimento e desenvolvimento das crianças, e monitoramento da vacinação infantil.

Comentários do Facebook