Caldas busca turismo durante a Copa do Mundo

copa do mundoO vice-prefeito de Caldas Novas, Marco Aurélio Palmerston, em viagem à cidade de São Paulo, no último dia 11, se encontrou com representantes das maiores companhias de viagens e turismo do Brasil.

O objetivo do encontro foi traçar estratégias para a região das Águas Termais seja um dos principais destinos para os 200 mil turistas que são esperados durante os 20 dias do evento da Copa do Mundo.

Levantamento completo da infraestrutura hoteleira
No encontro com diretores da Valetur, companhia que foi responsável pelo fretamento de 250 aeronaves com Caldas Novas como destino durante o ano de 2013, Marco Aurélio Palmerston apresentou o resultado de estudo realizado pela Prefeitura Municipal durante o ano passado. No documento, foi apresentado levantamento completo da infraestrutura hoteleira, restaurantes, passeios e atrações do município.

O estudo tem como finalidade aumentar o conhecimento das potencialidades turísticas de Caldas Novas para os possíveis visitantes que queiram conhecer as águas termais da região sul do Estado de Goiás.

Importante

Marco Aurélio ressaltou a importância do turismo para Caldas Novas: “Somos a maior estância hidrotermal do mundo e, por isso, podemos atrair milhares de visitantes durante o mês de junho o que gerará mais renda, desenvolvimento e crescimento à cidade. É uma oportunidade única em que pessoas do mundo inteiro estarão de olho no Brasil e poderemos apresentar as belezas caldasnovense a todos”.

O diretor de operações da Valetur, Antônio Marçal, destacou que Caldas Novas é um dos destinos mais lembrados por turistas brasileiros. “Caldas Novas é um dos dez nomes mais lembrados para a visitação de turistas. Com este estudo realizado pela Prefeitura poderemos ter mais opções para apresentar àqueles que querem conhecer a cidade”.

Comentários do Facebook