Casal é preso por espancar a filha até a morte em janeiro deste ano

O casal foi preso no último dia 22 por ter espancado a filha até a morte | Foto: Reprodução / Polícia Civil
O casal foi preso no último dia 22 por ter espancado a filha até a morte | Foto: Reprodução / Polícia Civil

Um casal foi responsável pela morte de uma criança de um ano e sete meses. O crime aconteceu em janeiro deste ano.

Alex Lima Soares, de 32 anos, agrediu até a morte a enteada, Nicole de Jesus, e a mãe da menina, Rosângela de Jesus, de 22 anos, omitiu o crime.

O casal foi apresentado na manhã desta terça-feira (2) na Delegacia Estadual de Homicídios (DIH), em Goiânia. Segundo Ana Stoffel, delegada que cuida do caso, a criança foi encontrada morta pela mãe no dia 24 de janeiro. O padastro de Nicole confessou ter dado um soco no estômago da criança cinco dias antes, no dia 19.

Nicole vomitou durante todos os dias até que Alex voltou a espancá-la, dessa vez com uma cotovelada no mesmo lugar já lesionado. A criança não resistiu e veio à óbito. O padastro não foi preso em flagrante pois não havia provas no momento.

LEIA MAIS: Criminosos se envolvem em acidente de trânsito no Jardim América

Sinais típicos

Meses depois, o laudo médico mostrou que a morte de Nicole se deu em decorrência de trauma abdominal por ação praticada por outra pessoa. Ainda foi constatado que o bebê provavelmente sofreu por horas antes de falecer. O laudo afirma que a crianças possuía sinais típicos de maus tratos.

“Ela [Nicole] ficou dois dias com a perna quebrada em casa, sem ir ao hospital, e eles não sabem explicar como ela quebrou a perna”, conta a delegada. A Polícia Civil então pediu a prisão temporária do casal, efetuada no dia 22 de julho. Os dois podem pegar até 30 anos de prisão.

Alex e Rosângela ainda têm uma filha de um ano e dois meses, que está sob cuidados da família no Estado da Bahia.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter.

Comentários do Facebook