Coluna de Quadrinhos – Comic Shop goiana comemora dois anos

coluna de quadrinhos

Loja realiza reuniões mensais com fãs de quadrinhos e colecionadores

A primeira e única Comic Shop de Goiânia completou dois anos de existência no último fim de semana. A Comic Strip, localizada na Galeria T-4, situada na Avenida T-4, Setor Bueno, comemorou a data com bolo e salgadinhos. Diversos clientes fiéis da loja estavam no local e puderam aproveitar para celebrar junto o aniversário.

Aniversário da loja foi comemorado com bolo personalizado e salgadinhos
Aniversário da loja foi comemorado com bolo personalizado e salgadinhos

Para o proprietário do estabelecimento, Ronaldo Zaharijs, 28 anos, estes dois anos foram uma verdadeira conquista. “É muito bom poder trabalhar com o que eu amo, tendo reconhecimento e apoio de outros fãs e colecionadores”, garante.

Publicação própria

Todos os meses a Comic Strip realiza reuniões abertas ao público para falar sobre quadrinhos e discutir outros temas de interesse mútuo. Em uma destas reuniões, Ronaldo explica que surgiu a ideia lançar um quadrinho próprio. Ainda este ano, o empresário, junto com alguns amigos, pretende promover a primeira HQ da loja, a Quadrinhos de Garagem.

“A Quadrinhos de Garagem foi criada para abrir espaço para novos roteiristas e desenhistas. Também, para incentivar e apoiar o mercado de quadrinho regional, mas por enquanto é só isso que posso dizer”, diz o empresário.

A loja

Para a gerente da Comic Strip, Adelle Zacharias Leal, 18 anos, é muito gratificante trabalhar em um lugar onde você respira quadrinhos, ainda mais quando você gosta e lê. “Além de conhecer muitas pessoas que também apreciam a arte dos quadrinhos, é muito interessante ver o estilo de cada um e conversar com as pessoas no trabalho sobre algo que eu entendo e gosto”, diz.

Segundo Adelle, a loja é mais que uma mera comic shop. Ela afirma que é um lugar para as pessoas se reunirem e poderem conversar sobre todo o universo que envolve os quadrinhos. A gerente se diz privilegiada ao ver os clientes querendo trabalhar no local. “Para mim não é só um lugar de trabalho, é um lugar de cultura e de aprendizado. É muito importante manter vivo os quadrinhos”.

Sobre esses dois anos da loja, ela diz que esta cresceu muito. Adelle explica que as pessoas que tinham esse interesse estão se conhecendo mais, reunindo mais e tomando um maior espaço. A gerente afirma que fica muito feliz em ter tantos clientes fiéis e com um tato incrível aos quadrinhos.

Para o proprietário do estabelecimento, Ronaldo Zaharijs, 28 anos, estes dois anos foram uma verdadeira conquista
Para o proprietário do estabelecimento, Ronaldo Zaharijs, 28 anos, estes dois anos foram uma verdadeira conquista

Quem compra

Para o cliente, ilustrador e designer Jonathas Ramos, 21 anos, que conhece a loja há mais ou menos um ano, o local é mais que um comércio. “É um lugar onde eu vou pra me rodear de quadrinhos. É um ponto de encontro. Um ambiente para respirar quadrinhos”. O ilustrador gosta tanto do local, que não costuma comprar em outros lugares. Segundo ele, desde que começou a frequentar a loja especializada se tornou um cliente fiel. “Essa fidelidade se deu inicialmente pela comodidade, mas se tornou algo pessoal”.

Segundo Jonathas, comprar em uma banca, onde o relacionamento com o jornaleiro é só o de comércio, é bem diferente. “Se eu quero comprar uma publicação sobre a qual eu não sei nada, na Comic Strip eu tenho como tirar duvidas sobre a mesma. São quadrinhos vendidos por quem gosta de quadrinhos”, conclui.

Aproveitando a primeira reunião do ano, que aconteceu no sábado, 10, os presentes elegeram os melhores quadrinhos publicados em 2014.

Confira a opinião dos três entrevistados sobre as melhores publicações de 2014:

Ronaldo Zaharijs (proprietário da Comic Strip)

– Preacher (Garth Ennis)

– Gavião arqueiro (Matt Fraction)

– Arqueiro verde (Jeff Lemire)

Adelle Zacharias (gerente)

– Happy! (Grant Morrison)

– Beladona (Ana Recalde)

– Sweet Tooth (Jeff Lemire)

Jonathas Ramos (cliente, ilustrador e designer)

– Justiça (Jim Krueger)

– Homem Animal (Jeff Lemire)

– Dias da Meia-noite (Neil Gaiman)

Comentários do Facebook