Ação civil pública do MP requer a anulação das concessões de pit dogs em Goiânia | Foto: Reprodução
Ação civil pública do MP requer a anulação das concessões de pit dogs em Goiânia | Foto: Reprodução

O Ministério Público Estadual pediu à Justiça a anulação das concessões dos pit dogs de Goiânia. E a ação não repercutiu bem entre comerciantes e os goianienses em geral.

Nesta 4ª feira (11), o Sindicado dos Proprietários de Pit-Dogs, Lanches e Similares em Goiânia (SindiPit-dog) realizou uma manifestação contra a medida.

Segundo a categoria, o fechamento prejudicará 1.600 estabelecimentos e cerca de 10 mil trabalhadores.

Para o MP, um novo processo licitatório deve ser realizado imediatamente após a retirada das concessões.

O SindiPit-dog, porém, tenta propor uma medida alternativa, que mantém as atuais concessões e garante licitações para novos estabelecimentos.

Repercussão

A ação civil pública do MP foi muito criticada nas redes sociais, principalmente o Twitter, por internautas que ficaram preocupados com a possibilidade de ficaram sem pit dogs na capital.

Tuiteiros reclamaram da ação do MP que pode resultar na anulação das concessões de pit dogs em Goiânia | Foto: Reprodução / Twitter
Tuiteiros reclamaram da ação do MP que pode resultar na anulação das concessões de pit dogs em Goiânia | Foto: Reprodução / Twitter

O assunto também foi um dos mais debatidos na sessão desta 4ª na Câmara de Goiânia.

Para tentar lidar com a situação, o vereador Denício Trindade chegou a requerer a realização de uma audiência pública para debater o caso.

OMS declara pandemia mundial do coronavírus


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook