O concurso público da Prefeitura de Abadia de Goiás foi reaberto para as inscrições nesta 4ª feira (21).

O certame havia sido suspenso para análise e adequação da legislação municipal.

As inscrições poderão ser realizadas de 27 de outubro até 17 de novembro de 2020 no site da banca organizadora.

São 229 vagas, distribuídas em 75 imediatas e 224 cadastros de reserva.

Do total de oportunidades, 5% serão destinados a pessoas com deficiência.

Vagas para o concurso de Abadia de Goiás:

  • Auxiliar de serviços gerais;
  • Gari;
  • Serralheiro;
  • Tratorista;
  • Motorista;
  • Mecânico;
  • Merendeira;
  • Guarda civil municipal classe I;
  • Auxiliar administrativo;
  • Almoxarife;
  • Assistente de tesouraria;
  • Assistente administrativo;
  • Agente de endemias;
  • Agente de saúde;
  • Agente educativo;
  • Fiscal de tributos obras e posturas;
  • Fiscal de meio ambiente;
  • Fiscal de vigilância sanitária;
  • Recepcionista;
  • Técnico em radiologia;
  • Técnico de enfermagem;
  • Analista jurídico;
  • Auditor fiscal;
  • Analista de recursos humanos;
  • Assistente social;
  • Farmacêutico;
  • Fisioterapeuta;
  • Nutricionista;
  • Enfermeiro;
  • Professor P I e Professor P II.

Salários e inscrição

Os salários vão de R$ 1.126,29 a R$ 3.840,06, correspondente a uma jornada de trabalho de 30 a 44 horas por semana.

As taxas de inscrições são de R$ 60 para os cargos de nível fundamental, R$ 90 para o médio e R$ 130 para o superior.

O certame será composto por uma prova objetiva obrigatória para todas as funções, de caráter eliminatório e classificatório. A duração para realização será de 4 horas.

As provas terão de 30 a 40 questões sobre conhecimentos gerais, conhecimentos específicos, língua portuguesa e, dependendo do cargo, informática básica.

Candidatos aos cargos de professor P I e professor P II passarão ainda por uma avaliação de títulos.

Já o cargo de guarda civil municipal terá como 2ª fase um teste de aptidão física.

LEIA MAIS 👉 Última semana de inscrições para concurso da Saneago


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook