Concurso da Prefeitura de Goiânia abre 30 vagas para auditor de tributos com salários de R$ 10 mil

Em reunião com a categoria, Paulo Garcia antecipa que Goiânia terá cinco novas lojas de atendimento, autoriza deliberações para envio à Câmara de lei para estruturação da carreira e defende modernização da administração tributária (Foto: Assessoria de Comunicação)
Em reunião com a categoria, Paulo Garcia antecipa que Goiânia terá cinco novas lojas de atendimento, autoriza deliberações para envio à Câmara de lei para estruturação da carreira e defende modernização da administração tributária (Foto: Assessoria de Comunicação)

Trinta novos auditores de tributos vão compor o quadro de servidores da Prefeitura de Goiânia. A realização de certame ainda este ano, com salário de R$ 10 mil, foi anunciada pelo prefeito da Capital, Paulo Garcia, como parte de um pacote de investimentos para modernização da administração tributária goianiense.

As medidas foram apresentadas durante reunião nesta segunda-feira (29/6) com fiscais e representantes do Sindicato dos Auditores de Tributos do Município de Goiânia (Sindiffim) e da Associação dos Auditores de Tributos do Fisco Municipal de Goiânia (Affim).

Atendimento

Além do concurso público, o chefe do Executivo antecipou que a prefeitura terá cinco novas lojas de atendimento e autorizou o envio à Câmara de lei com vistas à estruturação da carreira fiscal.

“O concurso está em fase final de formatação como forma de recuperar parcialmente a perda de quantitativo de auditores que ocorre na prefeitura desde a década de 80”, justificou Paulo Garcia. Além de, por meio de concurso público, aumentar em 67% o quantitativo de auditores de tributos em Goiânia, o prefeito autorizou o início de deliberações internas na Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) com propósito de apresentar à Câmara Municipal projeto que institua na Capital a Lei Orgânica da Administração Tributária (Loat).

Comentários do Facebook