Confirmada a morte de Gabriel Diniz: avião estava irregular

Monomotor teria autorização apenas para voos de instrução. Aos 28 anos, cantor fez sucesso com Jenifer, música rejeitada por Gusttavo Lima. Seu último show foi na Bahia

A morte do cantor Gabriel Diniz, aos 28 anos, foi confirmada na tarde desta segunda-feira, 27.

Ele foi uma das 3 vítimas da queda de um monomotor em Estância, no Estado de SE.

A aeronave saiu de Salvador (BA) com destino a João Pessoa (PB).

Gabriel fez seu último show na cidade de Feira de Santana, na Bahia, durante o fim de semana.

Horas depois do acidente, partiu de sua assessoria a confirmação da morte:

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com estA triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz e de todos tripulantes.”

Permissão da aeronave

De acordo com o site Metrópoles, o avião que transportava o cantor não tinha autorização para realizar voos comerciais.

As informações foram obtidas por meio de dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que prometeu enviar note sobre a situação.

Ainda segundo a publicação, a aeronave pertence ao Aeroclube de Alagoas e tinha autorização apenas para voos de instrução.

Jenifer

Gabriel Diniz estourou durante o Carnaval de 2019 com o hit “Jenifer”, que já tem 231,9 milhões de visualizações do YouTube.

A canção foi composta em Goiânia por Allef Rodrigues, Fred Wilian, João Palá, Junior Avelar, Junior Bolo, Leo Sousa, Thales Gui e Thawan Alves.

Segundo o relato, Gusttavo Lima e Wesley safadão não quiseram comprar os direitos da composição quando ela foi oferecida a eles.

Avião com cantor Gabriel Diniz cai após problemas no motor


Acompanhe o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook