Covid-19: idosa de Manaus morre poucos minutos após adentrar na UTI de Goiânia

Com 2º grupo, Goiás recebeu 48 pacientes do Amazonas, que enfrenta uma nova mutação do vírus

Covid-19 no Amazonas
Pacientes chegaram de Manaus para tratamento da covid-19 em Goiás | Foto: Divulgação Governo de Goiás

Uma idosa de 61 anos de Manaus (AM), com covid-19, morreu na noite dessa 6ª feira (30), no Hospital das Clínicas (HC) de Goiânia.

A mulher chegou no 2ª grupo de 16 pacientes que veio do Amazonas para Goiás.

Eles foram transferidos para vários estados brasileiros, devido à crise sanitária instalada na capital amazonense, como falta de oxigênio e de UTIs.

Segundo o boletim médico do HC, a paciente deu entrada no hospital em estado gravíssimo, “necessitando de suporte ventilatório”.

“Ela teve uma parada cardiorrespiratória assim que adentrou a UTI e foi reanimada por mais de 30 minutos”, informou o hospital.

Mortalidade

Chegando de paciente de Manaus
Equipes do Samu receberam pacientes vindos de Manaus | Foto: Divulgação Governo de Goiás

Com esse 2º grupo, Goiás já recebeu 48 pacientes amazonenses.

Desses, 34 foram para o HC, na Capital, e 14 deles para o Hospital Municipal de Aparecida (Hmap).

Em Goiânia, morreram por coronavírus 2 pessoas e em Aparecida 4.

Após mortes e curados, há 26 amazonenses internados no HC e 6 deles no Hmap.

Lei Seca começa às 23h em Goiânia, após diálogo com setor de bares


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook