Lei Seca começa às 23h em Goiânia, após diálogo com setor de bares

Um dos articuladores para que ocorresse essa flexibilização foi o vereador Leo José, que esteve reunido com empresários de bares e restaurantes para ouvir o setor

Lei Seca | Foto: Reprodução
Lei Seca | Foto: Reprodução

O decreto estadual da “Lei Seca“, que determina a proibição da venda de bebidas alcoólicas entre 22h e 6h, ganhou maior flexibilidade do prefeito Rogério Cruz, em Goiânia.

Na capital, a prefeitura decidiu vetar a venda entre 23h e 6h. A determinação já passa a valer nesta 5ª feira (28).

Cada município tem autonomia para decidir as políticas do combate ao novo coronavírus.

Diálogo

Um dos articuladores para essa flexibilização foi o vereador Leo José (PTB), que esteve reunido com empresários de bares e restaurantes para ouvir o setor.

Vereador Leo José Goiânia
Leo José foi 1 dos articuladores dessa flexibilização | Foto: divulgação

Em ofício enviado ao prefeito, Leo José ressaltou que essas atividades econômicas foram muito afetadas pela pandemia e que hoje cumprem com rigor as normas sanitárias impostas pelas autoridades.

Em diálogo junto ao Paço, o parlamentar solicitou para que o período de proibição do comércio de bebidas alcoólicas fosse de 00h às 6h.

A decisão do prefeito Rogério Cruz resultou da busca de um “meio-termo” entre a decisão do governador e a demanda dos empresários.


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook