Criminosos explodem cadeia em Guapó: veja como 11 presos fugiram

Presos escaparam por buraco aberto pela explosão no muro da penitenciária de Guapó | Foto: Leitor/WhatsApp
Presos escaparam por buraco aberto pela explosão no muro da penitenciária de Guapó | Foto: Leitor/WhatsApp

No início da manhã desta terça-feira, 30, criminosos detonaram explosivos no presídio de Guapó para dar fuga a detentos da unidade. Segundo a Associação dos Agentes e Servidores do Estado de Goiás, 11 presos fugiram na ação. Além disso, sete presos e a dona da casa vizinha da unidade ficaram feridos.

De acordo com testemunhas, os criminosos arrombaram o portão da residência e detonaram os explosivos no muro da cadeia. A explosão abriu um buraco no muro da unidade, por onde os presos conseguiram escapar. Veja na foto ao lado.

A Polícia Civil investiga também a informação de que os detentos praticaram assaltos, arrastões e dispararam armas de fogo durante a fuga. Viaturas da Polícia Militar foram deslocadas de Goiânia e Trindade para realizar as buscas em Guapó.

Segundo a polícia, cinco pessoas foram detidas, duas seriam foragidos recapturados e os demais suspeitos de participar da explosão.

Confira nota da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás:

A Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap) informa que, na manhã desta terça-feira (30/05), por volta das 8h30, criminosos explodiram uma residência vizinha à unidade prisional de Guapó.

Onze presos fugiram da cadeia e seis ficaram feridos com a explosão. O morador da residência onde estavam os explosivos também ficou ferido. Foram tomadas medidas emergenciais para atendimento dos feridos e transferência dos demais presos. Todos os operadores de segurança foram acionados. Tão logo existam novas informações, a presente nota será atualizada.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook