Dedos de escultura da Praça Universitária são encontrados

"Dedos de Deus"
Obra “Dedos de Deus” é de autoria do escultor Homem de Deus e integra coleção do Museu de Esculturas ao Ar Livre (Foto: Reprodução)

Foram encontrados na noite dessa terça-feira (27) os dois dedos furtados de uma escultura na Praça Universitária, em Goiânia. Um dos dedos estava parcialmente oculto no próprio espaço da praça. Já o outro foi achado no interior de um bueiro próximo à ponte da Rua 10, a um pequena distância do local de onde foi removido.

A obra “Dedos de Deus” é de autoria do escultor Homem de Deus e integra a coleção de 26 esculturas do Museu de Esculturas ao Ar Livre, fundado em 2000.

LEIA MAIS: Dr. Rey ensina defesa pessoal para mulheres em Goiânia

Foi o diretor da Biblioteca Marieta Telles Machado (localizada no centro da praça), Maurício Mustafé, que liderou as buscas pelos objetos. “Contactei alguns moradores de rua que vivem aqui, expliquei a importância dessa obra e pedi a ajuda deles para encontrar os dedos desaparecidos”, disse ao “Popular”.

Mustafé contou que são frequentes os atos de vandalismo praticados nas obras do Museu de Esculturas ao Ar Livre. Dessa vez, porém, ele disse acreditar que a motivação tenha sido o furto.

180 quilos

Os dedos feitos em bronze pesam entre 150 e 180 quilos. Dessa maneira, o  diretor teoriza que o responsável pelo malfeito tenha rolado as peças e as escondido com a intenção de vendê-las posteriormente.

O acervo do Museu de Esculturas ao Ar Livre mantém obras de importantes artistas goianos como Antônio Poteiro, Gilvan Cabral e Neusa Morais.

Comentários do Facebook