Goiânia supera projeções do MEC

Com 21% de crescimento no Ideb observado entre os alunos dos anos finais do ensino fundamental nas escolas da prefeitura, Goiânia saltou de 3,7, nota obtida em 2011, para 4,5
Com 21% de crescimento no Ideb observado entre os alunos dos anos finais do ensino fundamental nas escolas da prefeitura, Goiânia saltou de 3,7, nota obtida em 2011, para 4,5

A qualidade do ensino das escolas municipais de Goiânia superou as projeções do Ministério da Educação. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), período 2012-2013, divulgado na tarde da última sexta-feira, 5, mostra que a capital continua à frente da média nacional e que em dois anos, avançou o previsto para quatro, alcançando a média estimada para 2017.

Com 21% de crescimento no Ideb observado entre os alunos dos anos finais do ensino fundamental nas escolas da prefeitura, Goiânia saltou de 3,7, nota obtida em 2011, para 4,5. O índice, projetado para ser alcançada apenas em 2017, representa o maior crescimento já registrado pela Rede Municipal de Educação (RME) desde que o Ideb começou a ser calculado.

Nos anos iniciais do ensino fundamental, os números são igualmente animadores. Ao atingir 5,4 de pontuação, os estudantes de 148 instituições públicas garantiram índice 7,4% acima do que foi estabelecida pelo MEC para o período, superando, ainda, a meta projetada para 2015.

Comentários do Facebook