Goiano pega bagagem errada em avião e se depara com R$25 mil

O fotógrafo Pedro Augusto e o engenheiro ambiental Gabriel Cordeiro tinham malas idênticas, que foram trocadas durante voo para Foz do Iguaçu

Dinheiro encontrado em mala trocada | Foto: Reprodução

Imagine o susto de encontrar R$25 mil dentro da mala após voltar de viagem?

Foi o que ocorreu com o fotógrafo goiano Pedro Augusto Ferreira, após retornar de um voo de Foz do Iguaçu.

Ele havia ido ao Paraguai para comprar uma câmera e não conseguiu abrir a mala durante a viagem.

Com a mesma roupa da ida, o Pedro voltou à Goiânia.

Ao chegar em casa, o fotógrafo se deparou com o montante na bagagem.

O susto também veio para o engenheiro ambiental Gabriel Cordeiro, de Fortaleza, no Ceará, quando se deu conta de que a mala que havia pegado no avião não era a dele.

E o pior, os R$25 mil que havia levado para fazer compras não estavam lá.

“Minha mala é idêntica à dele [Pedro Augusto]e estavam uma do lado da outra”, contou.

“Quando fui tentar abrir a mala bateu um desespero grande, porque a senha não batia com a minha”, disse o engenheiro.

Gabriel confessou que tinha perdido as esperanças de recuperar o dinheiro, quando recebeu a ligação de Pedro e ambos combinaram se encontrar para destrocar as malas.

A Latam mediou o contato entre os passageiros, mas pontuou que, como as malas eram de mão, a responsabilidade sobre a bagagem era dos passageiros.

Comentários do Facebook