Homem é assassinado após briga por marmita

Suspeito havia preparado a comida e colega de trabalho se negou a comer

Caseiro preso suspeito de matar colega em Caiapônia - Foto: Polícia Civil

Em Caiapônia, Região Oeste de Goiás, um caseiro foi preso suspeito de dar um tiro de espingarda no rosto de um colega de trabalho, depois de ele ter se recusado a comer uma marmita.

A vítima, Danilo de Castro, tinha 62 anos, e trabalhava com o autor dos disparos em uma fazenda.

O caseiro havia preparado a comida e Danilo se recusou a come-la, o que gerou uma discussão entre ambos.

A prisão do suspeito ocorreu na madrugada deste domingo (14).

O autor do disparo foi encaminhado à Unidade Prisional de Caiapônia e será indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil.

Segundo o delegado de Polícia Civil Ramon Queiroz, que investiga o caso, o suspeito, depois do tiro, ainda teria tentado atacar a vítima com um machado.

O autor ainda tentou fugir por uma mata, mas foi encontrado a 5KM de onde ocorreu o crime.

A espingarda usada para efetuar o disparo havia sido escondida em uma lavoura, mas foi encontrada por policiais.

Comentários do Facebook