Homicídio de jovem de 23 anos no Garavelo tem ligação com prostituição, diz PC

Vítima chegava em casa final da tarde de 4ª feira (24) em um carro de transporte por app quando foi puxada à força pelos cabelos e esfaqueada

Uma jovem travesti de 23 anos foi morta a facadas na Rua 11E, no setor Garavelo, em Aparecida de Goiânia.

O homicídio ocorreu no final da tarde de 4ª feira (24).

Segundo a Polícia Civil (PC), o homicídio tem ligação com disputa de um ponto de prostituição, já que a suspeita do crime é uma outra travesti, de 19 anos.

O crime

Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima chegava em casa em um carro de transporte por aplicativo.

Neste momento, a suspeita teria se aproximado, tirado a jovem à força do carro pelos cabelos e a esfaqueado.

A vítima, ferida nas costas, pernas e abdômen, ainda conseguiu correr por alguns metros, mas morreu no local.

Suspeita detida

arma crime garavelo
Arma do crime foi encontrada pela PM | Foto: Divulgação/PM

Após o crime, a PM foi informada que a suspeita fugiu pelo Parque Tamanduá e entrou em uma mata.

De posse das informações, os policiais intensificaram o patrulhamento e, alguns minutos após o homicídio, a encontraram na Rua 18 C, no Garavelo.

Ainda conforme a polícia, a suspeita confessou o crime e disse às equipes que havia escondido a faca dentro da mata, às margens do córrego, no parque.

Autora e arma foram conduzidos para o 4° Distrito Policial de Aparecida para procedimentos de praxe.

Relembre as mortes trágicas que mais chocaram Goiás


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook