Jornalista goiano é feito refém por bandido dentro de apartamento no RJ

Ele foi amarrado, amordaçado e ficou em cárcere por mais de 6h. Durante esse tempo, assaltante chegou a fazer vídeo chamada com a família, jantou e bebeu vodka

Jornalista Paulo Eduardo Prado ficou em cárcere por mais de 6h no RJ | Foto: Reprodução
Jornalista Paulo Eduardo Prado ficou em cárcere por mais de 6h no RJ | Foto: Reprodução

O jornalista goiano Padu Prado foi feito refém por 1 assaltante no apartamento em que estava hospedado no Rio de Janeiro (RJ).

Segundo ele, o ladrão invadiu o local enquanto ele e uma amiga dormiam, por volta das 3 horas da madrugada da última 3ª feira (22).

Na sequência, ele amarrou e amordaçou os ocupantes do imóvel.

“Invadiram o apartamento e nos fizeram de refém por mais de 6 horas”, escreveu Padu no Twitter.

Pandu narrou que ficou chocado com “a frieza” do indivíduo, que chegou a fazer vídeo chamada com a família, jantou e bebeu vodka no apartamento.

O goiano, porém, ressaltou que a polícia chegou rápido, assim que foi chamada.

Polícia do RJ
Polícia do Rio chegou rápido quando foi chamada | Foto: Agência Brasil

Visita

À reportagem, o jornalista disse que está visitando uma amiga também goiana que foi morar em Santa Tereza, no Rio.

De acordo com ele, o bairro é tranquilo e conta com policiamento ostensivo e delegacia nas proximidades.

Até o momento, o criminoso não foi preso.

Nas redes, o jornalista tranquilizou os amigos: “Tirando a tortura psicológica e o roubo de 3 smartphones, estamos todos bem e vivos”.

Homem tenta matar outro com ‘pisão’ e pedrada na cabeça em Goiânia


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook