Jornalistas são agredidos durante manifestação anti-Temer

jornalistas-agredidos-brasilia
Jornalistas são agredidos por manifestantes contrários ao Governo Temer |Foto: Reprodução/UOL

Jornalistas do portal UOL foram agredidos na manhã desta quarta-feira, 07, durante a manifestação no Dia da Independência, em Brasília.

Segundo a publicação, o repórter Leandro Prazeres e o cinegrafista Kleyton Amorim foram impedidos de entrevistar uma mulher de um grupo que pedia intervenção militar no Brasil por outro grupo de manifestantes, contrários ao presidente Michel Temer (PMDB).

A reportagem destaca que que foram arremessadas garrafas de água mineral contra Leandro, sendo que uma delas atingiu seu rosto. O cinegrafista foi agredido com chutes por um rapaz, que tentou, ainda, arrancar a câmera de Amorim.

LEIA MAIS: Adolescente morre ao colidir em um caminhão boiadeiro em Campinorte

A Polícia Militar (PM) conduziu os agressores à 5ª Delegacia de Polícia de Brasília para esclarecimento dos fatos. Os jornalistas do UOL ficaram com hematomas provocados pelas agressões, mas passam bem.

Em nota, a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), repudia toda e qualquer agressão aos profissionais do meio da imprensa.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram eTwitter

Comentários do Facebook