O leilão de 3 mil veículos do Departamento de Trânsito de Goiás (Detran-GO), agendado a princípio para os dias 4 e 5 de novembro, será remarcado.

Segundo o órgão, decisão foi motivada após parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A empresa que estava responsável pelo leilão era a MC leilão. Entre os itens, estão automóveis e sucatas, recolhidos no pátio há mais de 60 dias.

O TCE

Segundo o TCE-GO, a medida cautelar foi tomada após a análise de indícios de irregularidades em 2 editais.

Ainda conforme o tribunal, a unidade técnica não conseguiu identificar se as anormalidades denunciadas já foram corrigidas.

O TCE alega que as falhas nos editais podem gerar a arrematação de bens por participantes que não foram autorizados por lei.

O Detran

Já o Detran-GO defendeu em nota que desde o início tem adequado seus procedimentos de acordo com as orientações do TCE.

A autarquia também disse que as questões formais apontadas pelo tribunal serão devidamente alteradas sem prejuízo à essência do processo e, após sua conclusão, uma nova data para o leilão será marcada.

LEIA MAIS ➡️ Candidato é suspeito de estuprar cadela em Caldas Novas


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook