A Polícia Civil de Caldas Novas investiga as circunstâncias de um vídeo em que um suposto candidato a vereador da cidade aparece estuprando uma cadela.

As imagens, feitas no dia 31 de outubro, mostram um homem praticando a violência contra o animal sobre um colchão, dentro de um barracão.

Nesta 4ª feira (4), o tutor da cachorra “Branquinha” foi até uma delegacia de polícia para fazer o registro da ocorrência.

Segundo as informações preliminares, o suspeito do crime de maus tratos alugava uma quitinete de propriedade do tutor do animal.

Notificada, a PC enviou agentes para o local para colher evidências e entrevistar testemunhas e também acompanhou a consulta do animal na clínica veterinária.

Agora, quem comanda as investigações é o delegado Rogério Moreira, titular da Delegacia de Polícia de Caldas Novas.

O suspeito, porém, ainda não identificado e a Polícia Civil não confirmou se ele é, de fato, candidato a vereador.

PC investiga denúncia de estupro de cadela por candidato em Caldas | Foto: Reprodução
PC investiga denúncia de estupro de cadela por candidato em Caldas | Foto: Reprodução

LEIA MAIS: Motociclista morre após atropelar cavalo no Parque Trindade


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook