Manifestantes bloqueiam saída de ônibus do Eixo Anhanguera

Cerca de 200 manifestantes fazem ato em frente à garagem da Metrobus | Foto: Leitor/WhatsApp
Cerca de 200 manifestantes fazem ato em frente à garagem da Metrobus | Foto: Leitor/WhatsApp

Desde as primeiras horas desta sexta-feira, 30, manifestantes bloqueiam a saída de ônibus do Eixo Anhanguera da garagem da empresa Metrobus. A manifestação faz parte do ato nacional contra as medidas de austeridade propostas pelo Governo Federal.

De acordo com a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC), apenas o Eixo foi afetado pelo protesto. O restante das linhas que operam na capital não tiveram impacto na sua circulação.

No local, situado na Vila Regina, em Goiânia, cerca de 200 pessoas participam da manifestação. Há membros da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do Movimento Sem Terra (MST). O Batalhão de Choque da Polícia Militar acompanha o ato, que segue pacífico.

Em Goiânia, um ato em apoio à paralisação nacional foi convocado pelas centrais sindicais para a manhã desta sexta e teve concentração iniciada na Praça Cívica. O anel interno da praça está interditado, mas há tráfego na via externa.

LEIA MAIS: Sindicatos convocam para greve geral em Goiânia nesta sexta, 30

A manifestação tem como objetivo conter as reformas trabalhista e previdenciária, além de pedir a saída do presidente Michel Temer (PMDB) e foi convocada para todas as capitais brasileiras. A adesão de sindicatos foi baixa.

Para saber mais informações sobre a circulação do Eixo Anhanguera nesta sexta em Goiânia, basta ligar para o atendimento da Metrobus: (62) 3297-1035.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook