Novo decreto de Rogério Cruz segue regras do Estado

Decreto foi assinado no sábado (27) com a ideia de "convergir", segundo pronunciou o secretário municipal de Governo, Arthur Bernardes

Governador Ronaldo Caiado e prefeito Rogério Cruz acordam para o decreto de Goiânia - Foto: Divulgação

A partir desta 4ª feira (31) todo comércio da capital volta a funcionar, seguindo a proposta do decreto estadual, que prevê fechamento de 14 dias e abertura de 14 dias.

Até a última 6ª feira (26), a proposta da Prefeitura de Goiânia era seguir o modelo de Aparecida, abrindo o comércio por zonas.

No entanto, o prefeito Rogério Cruz se reuniu com o governador Ronaldo Caiado onde acordaram seguir pelo mesmo caminho.

O decreto foi assinado no sábado (27) com a ideia de “convergir”, segundo pronunciou o secretário municipal de Governo, Arthur Bernardes.

Entre as alterações previstas no novo decreto publicado no final de semana, está a retomada das escolas de ensino infantil, fundamental e médio, com distanciamento de 2,25 metros quadrados por alunos.

Treinos e jogos esportivos continuam a funcionar seguindo determinações sanitárias.

Bares e restaurantes abrem com metade da capacidade, com permissão para som e violão, e com serviços de delivery, drive thru e pegue e leve.

A construção civil retorna suas obras, mas devem realizar o transporte de seus funcionários.

Atividades religiosas, templos e igrejas podem abrir com 30% da capacidade e intervalo de 3 horas entre as celebrações.

Comentários do Facebook