A 2ª maior cidade de Goiás comemora 97 anos de fundação no próximo sábado, 11, com muita festa.

As atividades terão início às 8h, no Parque da Família (Avenida Independência no setor Village Garavelo).

Após os parabéns para a aniversariante, o bolo de 97 metros será cortado e distribuído à população presente.

Na sequência, acontece o tradicional Desfile Cívico, que contará com a participação de mais de 6 mil pessoas.

Estarão lá estudantes da rede municipal e estadual, policiais militares e civis, bombeiros militares, guardas civis, servidores municipais e outros.

A festa contará também com a presença do prefeito Gustavo Mendanha, do vice-prefeito Veter Martins, deputados federais e estaduais, secretários municipais, vereadores e outras autoridades do Estado.

Fundação

Segundo relatos históricos, Aparecida foi fundada no dia 11 de maio de 1922.

Na data, uma cruz de aroeira foi erguida por missionários católicos no Centro da Praça Matriz.

Foi lá que a comunidade religiosa celebrou a 1ª missa e depois construiu a Paróquia Santuário Nossa Senhora de Aparecida.

A localização era rota histórica dos missionários que realizavam a evangelização dos povos na época.

Modernização

Com população atual de cerca de 600 mil habitantes, Aparecida é o 2º maior município de Goiás.

No Século XX, a cidade tem experimentado grande desenvolvimento econômico e social.

Hoje, são mais de 46 mil CNPJs ativos em Aparecida, o que torna a localidade atrativa para investidores e empresários de diversos setores.

Tudo isso resultou em um significativo crescimento do mercado imobiliário e logístico aparecidense.

Para o prefeito Gustavo Mendanha, Aparecida é referência em desenvolvimento econômico, em qualidade de vida, geração de emprego, valorização da cultura e saúde pública.

“Nossa cidade cresceu. Deixamos de ser a cidade problema e passamos a ser uma das principais locomotivas de desenvolvimento do Estado”, disse.

Aniversário de Aparecida: Veja a programação COMPLETA AGORA


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook